Portal do Governo Brasileiro
  • Início
  • Notícias
  • Projeto sobre desperdício de água em bebedouro de escolas representa MT

Projeto sobre desperdício de água em bebedouro de escolas representa MT

Mato Grosso será representado pelo projeto “O desperdício de água nos bebedouros das escolas municipais de Lucas do Rio Verde”, na Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, que ocorre em Brasília (DF) de 15 a 19 de junho. O plano foi elaborado pelo estudante Gabriel Sartori Costa Beber da Escola Municipal São Cristovão de Lucas do Rio Verde (a 354 quilômetros ao norte da Capital).

mt2

Tendo como foco conscientizar toda a comunidade escolar sobre a importância de reaproveitar a água por se tratar de um recurso limitado, o projeto foi escolhido durante a V Conferência Estadual, realizada em Cuiabá na semana passada pelas Secretarias de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) e Meio Ambiente (Sema).

Conforme o prospecto, nos bebedouros escolares muitos alunos preferem não usar os copos e canecas oferecidos pela escola para beber água, por serem utilizados por muitas pessoas, o que acaba tornando-se anti-higiênico.

“Com isso, muita água acaba sendo jogada fora, e essa água que foi purificada antes de chegar ao bebedouro acaba sendo desperdiçada”, explica o estudante.

Pela iniciativa, a água será canalizada e reutilizada para diversas atividades na unidade escolar, como regar plantas e hortaliças, e limpeza da escola.

Conferência Estadual

Durante a Conferência em Cuiabá, foram eleitos os 15 delegados entre os mais de 80 alunos das escolas do Estado, entre estaduais, municipais e particulares. Os delegados participam da Conferência Nacional e serão acompanhados de quatro adultos da comissão organizadora da etapa estadual.

mt1

Dos 15 representantes, 11 são da rede estadual de ensino, três de escolas municipais e um de uma escola particular. São três de Cuiabá, dois de Várzea Grande e os demais do interior. Eles representam 11 municípios.

Foram eleitos os estudantes Izabella dos Santos Prates, Elias Miguel Grings, Marcelo da Silva Costa, Paulo Henrique Nunes da Silva, Vino Walker Barros Costa, Luiz Gustavo da Silva Satiro, Nicolle de Souza Barros, Bruno Lazarini da Silva, Sâmela Ramos Espíndola, Gabriel Sartori Costa Beber, Gustavo Gonzaga da Silva, Bruna Cristina Aguiar Rossi, Ana Clara dos Santos Silva, Jheniffer Pedroso do Nascimento e João Pedro Ferreira Mora.

De acordo com a Secretária de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marioneide Kliemaschewsk, os estudantes são os protagonistas da ação, uma vez que entendendo que proteger o meio ambiente, eles também podem salvar vidas.

“A temática deste ano é muito oportuna. É de suma importância que a sociedade entenda que a água é vida e é isso que estamos fazendo dentro da educação ambiental, conscientizando e trabalhando esses conceitos”.

Para ela, os projetos apresentados no evento mostram que há futuro o debate ambiental e ações ecologicamente corretas. “Acredito que estamos no caminho certo, trabalhando na formação do cidadão, que deve entender a importância da natureza para a humanidade. É necessário que cheguemos nesse entendimento”.

Fonte: Seduc MT

© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal