Portal do Governo Brasileiro
  • Início
  • Notícias
  • Mato Grosso do Sul realiza etapa estadual com 79 estudantes

Mato Grosso do Sul realiza etapa estadual com 79 estudantes

Campo Grande (MS) – A Secretaria de Estado de Educação (SED) realizou nesse fim de semana a etapa estadual da V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, com a participação de 79 estudantes das redes de ensino municipais e estadual, acompanhados por um professor responsável cada. Este ano, o tema do evento foi “Vamos cuidar do Brasil cuidando das águas”.

Realizado no Eco Hotel do Lago, em Campo Grande, o evento recebeu estudantes de todo o Estado, matriculados do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, para diversas oficinas e atividades sobre educação ambiental, incentivando o protagonismo juvenil e preparando os jovens para que sejam disseminadores da ideia de preservação das águas em seus municípios.

seducms

A programação começou com a abertura oficial na sexta-feira (11.5), com a presença do secretário-adjunto de Estado de Educação, Josimário Teotônio Derbli da Silva, que compartilhou com os estudantes o projeto executado em sua residência, de captação e reutilização da água da chuva. “O uso racional da água é muito importante e cabe a esses estudantes o papel de formiguinha na disseminação da ideia, mas que renderá uma geração muito mais consciente”, destacou.

Rafaela de Souza Silva, da EE Maria José, de Anaurilândia, adorou o fim de semana de aprendizado, para colocar as ideias em prática e melhorar ainda mais a escola. “Temos um projeto de reutilização da água da chuva para limpeza da quadra e outros espaços da escola”, informou. Juliana Nascimento Salvatore, do 9º ano do ensino fundamental na EE João Ribeiro Guimarães, de Bandeirantes, quer levar para a cidade a coleta seletiva. “Vou levar tudo o que estou aprendei para tentar aplicar”, contou.

IMG 20180512 090702764 300x169

Quando perguntado se já tinha algum projeto em mente, o estudante Arthur Vinicius Souza Varnier, do 7º ano do ensino fundamental na EE Vergelino Matheus de Oliveira, de Rio Verde de Mato Grosso, foi certeiro na resposta: “Tenho a ideia de colocar turbinas e telas nos esgotos para conter o lixo e ainda gerar energia, precisamos conscientizar nossa família e amigos, para saberem quão importante é a água e o que acontece se ficarmos sem ela”, explicou.

A Conferência é um processo que mobiliza escolas brasileiras públicas e privadas, urbanas e rurais, das redes estadual e municipais, assim como escolas de comunidades indígenas, quilombolas e de assentamento rural, que possuem pelo menos uma turma do ensino fundamental, anos finais, cadastradas no Censo Escolar de 2016.

Em Mato Grosso do Sul, o processo da V CNIJMA começou em outubro de 2017, com a primeira turma do curso preparatório para a Conferência, que a SED realizou por meio de ambiente moodle para professores das redes pública e privada.

Em 2018, as escolas iniciaram as atividades da Conferência. Nessa etapa, desenvolveram atividades ambientais, elaboraram projetos e os estudantes escolheram os delegados (estudantes) de 11 a 14 anos e regularmente matriculados no Ensino Fundamental II.

As últimas conferências infantojuvenis pelo meio ambiente foram pré-requisitos para que as escolas públicas pudessem aderir ao PDDE Escola Sustentável. Esse programa visa à destinação de recursos financeiros para promover ações voltadas à melhoria da qualidade de ensino e apoio na adoção de critérios de sustentabilidade socioambiental, considerando o currículo, a gestão e o espaço físico, de forma a tornarem-se espaços educadores sustentáveis.

 A seleção para a Conferência Nacional, programada para acontecer em Brasília (DF), de 15 a 19 de junho de 2018, foi feita pelos membros do Coletivo Jovem (CJ). 

Fonte: SED MS

© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal